Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2011

Volte logo, volte pra sempre!

E agora, o que fazer com esse coração acelerado e essa saudade imediata que a tua partida me causa?


Tenho tentado ser forte, cumprir com o que nós dois nos prometemos, mas essa vontade de você não me ajuda! E quando me refiro à vontade, não me refiro apenas a vontade carnal, a vontade de desejo. Me refiro a vontade de te ter perto, de te ter meu homem, companheiro.


Dividida entre razões e emoções de grandes forças, tenho cravado brigas constantes comigo mesma. Com o peito inundando de angustias e medo, tenho tentado concentrar toda minha vontade em te fazer feliz, nas orações que constantemente tenho feito a Deus. Não sei se vou conseguir te fazer o mais feliz de todos (como de fato tenho a intenção), mas vontade e disposição não me faltam!


Há dias tenho me sentido vazia, acho que é a saudade de você, saudade da tua presença, saudade das nossas particularidades. Vontade do teu colo, do teu abraço, do teu carinho, da tua voz, do teu sorriso chamando o meu. Só isso, nada mais! Tem como?


Ant…

Não é nada. É só saudade.

Sabe aquele dia em que você só queria ocolo dele? Pra deitar e esquecer da vida, e dos problemas, e da saudade sem fim. Pra fingir que nunca foi triste, e que ali é seu lugar pra sempre. Aquele dia em que você não consegue pensar em mais nada, além do corpo dele grudado no seu... E desenha tantos momentos, onde a cama é o cenário e vocês dois as únicas pessoas do mundo todo. Ele dentro de você, mais do que em pensamento e coração. E você se toca e imagina, e não adianta, só pensar nele não basta. Você precisa chegar perto, encostar, sentir o cheiro, fazer carinho e rebolar no colo dele a noite inteira, enquanto ele te puxa os cabelos e te beija a boca. E aí o querer pede tanto pra acontecer, e você não pode fazer nada além de querer ainda mais. E pensar, e sentir falta. E só... Olha pro telefone, e lembra das conversas quentes e das palavras bonitas. Abre os emails que ele te enviou em um passado não muito distante, dizendo tudo que você queria ouvir exatamente agora. E a saudade só aumenta... P…

Vida

VIDA
Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis esquecer pessoas inesquecíveis.
Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas que eu nunca pensei que iriam me decepcionar, mas também já decepcionei alguém.
Já abracei pra proteger, já dei risada quando não podia, fiz amigos eternos, e amigos que eu nunca mais vi.
Amei e fui amado, mas também já fui rejeitado, fui amado e não amei.
Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, e quebrei a cara muitas vezes!
Já chorei ouvindo música e vendo fotos.
Já liguei só para escutar uma voz, me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo).
Mas vivi! E ainda vivo!
Não passo pela vida. E você também não deveria passar! 


VIVA!!


Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe vencer com ousadia... Porque o mundo pertence a quem se atreve a vida é muito para ser insignifi…
Rifa-se um coração
Rifa-se um coração quase novo.
Um coração idealista.
Um coração como poucos.
Um coração à moda antiga.
Um coração moleque que insiste em pregar peças no seu usuário.
Rifa-se um coração que na realidade está um pouco usado, meio calejado, muito machucado e que teima em alimentar sonhos e, cultivar ilusões.
Um pouco inconsequente, que nunca desiste de acreditar nas pessoas.
Um leviano e precipitado coração que acha que Tim Maia estava certo quando escreveu: "...não quero dinheiro, eu quero amor sincero, é isso que eu espero...".
Um idealista... Um verdadeiro sonhador...
Rifa-se um coração que nunca aprende.
Que não endurece, e mantém sempre viva a esperança de ser feliz, sendo simples e natural.
Um coração insensato que comanda o racional sendo louco o suficiente para se apaixonar.
Um furioso suicida que vive procurando relações e emoções verdadeiras.
Rifa-se um coração que insiste em cometer sempre os mesmos erros.
Esse coração que erra, briga, se expõe.
P…

Segura a minha mão...

E as vezes a vontade que sinto, cá dentro de mim, é de jogar a toalha.
Já não sei mais o que fazer pra que enxergue, apenas enxergue que estou aqui, disposta ao que for preciso pra te fazer o mais feliz de todos os homens. Não quero, nem acho necessário chegar ao absurdo pra te provar que estou aqui porque te quero meu sim, mas te quero porque te amo e quem ama quer estar do lado, quem ama quer poder ser INTEIRA pro seu amor.
Já tentou, por um segundo que seja se colocar em meu lugar? Infelizmente devo desapontá-lo ao dizer que, mesmo que já tenha tentado, jamais conseguirá saber como realmente me sinto. Mas, mesmo diante das tantas barreiras, vergonhas, medos, inseguranças, indecisões... Me mantenho aqui, do seu lado, sendo aquela mulher com quem você pode contar pro que der e vier. Aquela mulher que não tem medo de arriscar pelo incerto porque acredita realmente no amor.
Nem sei porque tô escrevendo nada disso aqui. Talvez o meu limite em guardar aqui dentro um amor e suas angustias…

Inspirado no cheiro da sua mão...

Se a gente juntar com a pá migalhas e farelos, o pó e os cacos que sobraram de nós dois, acho que faz um inteiro. Será que não? E aí? Que tal? Vamos? Como soa dividir comigo essa existência idiotamente ridícula, morna, real, estúpida, bagaceira e imbecil? Vamos fazer diferente, como ninguém mais sabe fazer, só nós? Diz que vamos, vai.

Não? É tudo que preciso pra começar a te conquistar. Diz que não com os olhos cheios de esperança. Com duzentos "nãos" eu construo um castelo, uma roda gigante, uma cabaninha de lençol na sala, um altar, um amor, um sim bem grande. Com um sim entre você e eu, te roubo inteira e metade da felicidade do mundo. Diga que não, ponha uma meta no meu colo, tipo num processo de seleção feminina só pra eu provar que sou o cara.

Isso, faz assim. Se faz de labirinto quando eu me oferecer em linha reta. Diz que metade de mim, a parte amigo, tá bom, só pra me empurrar inteiro coração adentro, goela abaixo, com toda a calma do mundo. Isso, faz assim. Dá voltas…

"Como é difícil entender..." #CoisasNossas

Há dias vinha sentindo falta da tua presença que era tão constante. Imaginava que o trabalho estava tomando seu tempo e apenas por assim imaginar, me coloquei paciente e me mantive aqui, a tua espera. Espera que foi se prolongando por dias que pareciam meses. Espera que passou a ser angustiante.
Era 12 de setembro, 15:53 da tarde quando pelo Facebook recebi a noticia, que inicialmente parecia a melhor de todas:

Dani Rocha:
Bom
Leonardo está no Brasil
no Rio

O meu coração saltitou e sem demora um sorriso imenso tomou conta do meu rosto. Sorriso passageiro, que foi-se assim que a próxima mensagem me foi enviada. Aquele coração que pulava enlouquecido imediatamente aquetou-se, num canto qualquer do peito, murcho e angustiado. Aquela alegria foi tomada por uma tristeza enorme e o sorriso deu lugar as lágrimas. Eu não queria acreditar na mínima possibilidade que fosse de imaginar que você não estava bem, principalmente se isso, de alguma forma me fizesse correr o risco de te perder.
As horas i…

Sempre fica tudo bem...

Hoje tudo que eu precisava era me transformar numa daquelas mulheres estéricas, diferente de tudo que você está acostumado em mim. Preciso ser ciumenta, brigar, discutir com voracidade, gritar, questionar tudo que sempre quis, acusar mesmo sem provas.
Eu estava ansiosa, andando de um lado pro outro da sala, olhando no relógio por segundo, repetindo sozinha frases que nem eu mesma sabia o real sentido de estarem sendo ditas. O chão já estava quase cedendo, de tantos passos que eu dava seguindo o mesmo percurso, olhando pra porta sem parar, aguardando a sua chegada.
Finalmente ouço o barulho da chave entrando na fechadura, era você chegando. Corri pro sofá, puxei a primeira revista que encontrei e fingi estar lendo ela. Você entrou e como de costume, pôs a chave em cima da mesa, me deu um beijo na testa, e enquanto ia na geladeira procurar algo pra beber, perguntava como eu estava.
- Bem meu amor! (Foi a minha resposta, sem tirar os olhos da revista que no fundo eu nem enxergava)
- Bem amor…

Pra falar a verdade... Hoje eu não sei!

Hoje queria o nada, e queria tudo ao mesmo tempo.
Hoje eu queria as respostas pra essas dúvidas que me consomem, e não queria resposta nenhuma. Talvez porque no fundo eu já as tenha, talvez por medo de tê-las realmente.
Hoje eu queria chuva, tempestade, frio, queria usar o mal tempo e o medo de trovão e relâmpago como desculpa para me trancar no quarto e passar o dia escondida debaixo de um edredon, quem sabe assistindo uma daquelas melosas comédia rômantica em que no final, tudo acaba bem pra mocinha. Mas também queria o sol, a luz, sentir o corpo quente e poder ficar em companhia do mar.
Hoje eu queria viver sonhos, fantasias que guardo em mim, sem precisar que os pés saltem o chão e me afaste do que é real.
Hoje eu queria chorar muito em meio a sorrisos bobos.
Hoje eu queria você pertinho, mesmo que distante.
Hoje eu queria seguranças, mesmo adorando a adrenalina do inesperado, do perigoso.
Hoje eu queria o silêncio, ou então uma balada legal, cheia de gente, som alto, muita gente.
Hoje eu…

Amizade

"Amizade é quando você encontra uma pessoa que olha na mesma direção que você, compartilha a vida contigo e te respeita como você é. Uma pessoa com a qual você não precisa ter segredos e que goste até dos teus defeitos. Basicamente, é aquela pessoa com quem você quer compartilhar os bons momentos e os maus, também." 
(Renato Russo)

Feliz dia do amigo à aqueles que fazem dessa dureza que é a vida algo mais agradável e gostoso de viver. Eu tenho poucos amigos, mas os meus são os melhores!! Brigada a cada um de vocês por fazerem parte de minha vida!!!

I believe

Fim de tarde e de repente recebo um arquivo. A pessoa que o mandou se foi antes mesmo de me dar tempo de ver do que se tratava ou deu fazer qualquer tipo de comentário. Sem ter idéia do que se tratava, abri e dei de cara com uma canção que dizia assim...


I believe in us together
I believe in love forever
I believe in things that eyes can't see

Creo así
A mi me gusta estar cerca de ti
Por siempre juntos
Creo así
A Dios vamos seguir

Um olhar
Bastou apenas o primeiro olhar.
Um olhar
Então paguei pra ver e embarcar
Nessa aventura homérica
Será que alguem vai crer se eu contar?
Passagem só de ida, friozinho na barriga,
Prepare-se para decolar

Gira o mundo, revira-volta...
Deus escreve certo por linhas certas
Torto é quem não sabe interpretar
Mas quem crer vai chegar
E hoje novamente a te olhar
Eu acredito mais que sempre
Em milagres, pois é um milagre nós aqui

As muitas águas não podem apagar o nosso amor
Tantas idas, tantas rotas, na bagagem feridas
Se houve marcas, revoltas, …

Lá vamos nós

Não é que ainda não terminamos aquela conversa, a gente simplesmente ainda não descobriu onde ela vai dar. Aí deu um tempo e você ficou meio calado, e eu, meio maluquinha como sempre, fiquei falando sobre coisas desimportantes, preenchendo lacunas, em voz alta e nervosa. Eu queria ter razão pelo menos uma vez, mas sou inteira coração, e nunca consigo me esquecer disso. Eu queria obedecer à metade de mim que queria pedir desculpas pela fuga e os vinte dias sem aparecer por aí, mas melhor não. Ei, não sou eu quem faço as regras.

Na verdade, detesto as regras, essa dissimulação Anos 20, como um puro-sangue que precisa retardar a própria corrida pra manter-se no páreo, por mais nonsense que soe. Enquanto isso, enquanto digo coisas sem parar, enquanto mantenho minha fama de nem aí, por dentro da minha cabeça estou sempre correndo atrás de qualquer lugar que só existe porque lá está você. Mas dei um jeito de sumir, não é porque isso parece um pouco com amor, e amor pressupõe ingredientes gru…

Um ano

Faz um ano...
Aniversários geralmente nos deixam nostálgicos não é? Hoje acordei assim, com saudades, relembrando momentos em que vivemos juntos durante esse tempo em que a tua presença é fundamental pros meus dias de alegria. A cada vinte minutos me pego parada, rindo ou suspirando de alguma situação, tentando fazer um flash back do nosso primeiro ano. De como nos conhecemos, como tudo começou, as intenções iniciais, aquelas que atropelaram nossa crença de que tudo não passaria de uma aventura. O primeiro encontro, primeiro beijo, primeira canção, primeira noite de amor, primeira manhã do teu lado, primeira viagem, primeira loucura. Primeiras coisas que deram sequência a inumeras outras e assim foram construindo dia-a-dia o nosso amor.

É engraçado... Dizem que os opostos se atraem, no nosso caso é diferente. Somos tão parecidos e ainda assim nos entendemos tão bem. Certo que na nossa balança, você sempre acaba saindo com vantagem sobre mim, mas ainda assim, isso jamais foi sinônimo de…

Legalmente Confusa

Às vezes me sinto perdida, não sei que rumo tomar ,
são entraves que sempre encontro
ao longo do caminhar.

Não sei se ando
ou se paro, Não sei se grito
se calo.

Não sei se ignoro
ou se atendo, Se protesto
ou se defendo

Não sei se afasto
ou se abraço,
Não sei se construo
se desfaço.
Meio perdida; na confusão do mundo,
Meio perdida; na confusão de mim,
Meio perdida; na confusão de tudo,
Meio perdida; na confusão sem fim. (Mena Moreira)
Dividida entre a razão ( que diz não ) e a emoção ( que pede sim ) ... - Santos Dumont

'Recaídas vem e vão por você...'

Sabe quando você se dá conta de que já não tem mais tanto controle da situação? Quando as suas emoções conseguiram superar tudo o que a razão te propõe fazer como saída para que evite maiores transtornos? Quando você percebe que o que você sente é maior do que você acreditava ser, é mais forte. Forte a ponto de fazer com que você passe por cima não apenas da decisão do outro, mas das suas próprias decisões, tudo isso, por um momento a mais.

Há dias venho acreditando no fato de que termos nos afastado foi melhor pra nós dois. Ta certoo, vou me corrigir. Há dias venho mentindo pra mim mesma, tentando me fazer acreditar que termos nos afastado foi melhor pra nós dois, mas acho que desaprendi a mentir, não consegui me convencer e com isso o meu controle se foi. Precisava te questionar, pôr minhas dúvidas pra fora, buscar respostas que talvez nem me ajudassem tanto, mas que eu precisava ouvir.

A boa e velha Dila estava se preparando para voltar...

Na primeira oportunidade fiz o que precisa…

Saudades de mim

A vida é realmente muito escrota. Vive pregando peças afim de nos fazer se dar conta do quão fraco e patético somos.

De repente me peguei parada, olhando pro nada, pensando... E dessa vez não era em você, era em mim. Lembrei-me de relacionamentos antigos, de sonhos e objetivos antigos, de uma Dila que um dia habitou em mim e hoje já não tenho mais notícias.

...
As recordações me trouxeram lembranças valiosas, saudades que já nem palpitavam mais o coração. Fui abraçada fortemente pela nostalgia, mas... Dentre tantas lembranças e saudades, uma mexeu bastante comigo. A saudade de mim mesma. Da Dila que eu era há alguns anos atrás. Das crenças e conceitos, prioridades e investimentos, princípios e acima de tudo, da minha objetividade.
Eu sempre fui muito movida pela emoção, mas jamais deixei que a mesma conseguisse me dominar tão fortemente, jamais permiti que essa fosse responsável pelas minhas decisões. Sempre fui altamente romântica e fria ao mesmo tempo. Entregue, sem me dar. Presente,…

Ir-Remediável

“Em luta, meu ser se parte em dois. Um que foge, outro que aceita. O que aceita diz: não. Eu não quero pensar no que virá: quero pensar no que é. Agora. No que está sendo. Pensar no que ainda não veio é fugir, buscar apoio em coisas externas a mim, de cuja consistência não posso duvidar porque não a conheço. Pensar no que está sendo, ou antes, não, não pensar, mas enfrentar e penetrar no que está sendo é coragem. Pensar é ainda fuga: aprender subjetivamente a realidade de maneira a não assustar. Entrar nela significa viver.”

- Caio Fernando Abreu in: Inventário do Ir-Remediável -

Tudo Mudou

Todo cambió cuando te vi, De blanco y negro al color me convertí Y fue tan fácil quererte tanto, Algo que no imaginaba, Fue entregarte mi amor con una mirada, Todo tembló dentro de mí, El universo escribió que fueras para mí, Y fue tan fácil quererte tanto, Algo que no imaginaba, Fue perderme en tu amor, Simplemente paso, y todo tuyo ya soy.
Antes que pase más tiempo contigo amor, Tengo que decir que eres el amor de mi vida, Antes que te ame más, escucha por favor, Déjame decir que todo te di... Y no hay cómo explicar pero menos dudar, Simplemente así lo sentí, cuando te vi.
Me sorprendió todo de ti De blanco y negro al color me convertí, Se que no es fácil decir te amo Yo tampoco lo esperaba, Pero así es el amor, Simplemente paso y todo tuyo ya soy
Antes que pase más tiempo contigo amor, Tengo que decir que eres el amor de mi vida, antes que te ame más, escucha por favor Déjame decir que todo te di... Y no hay cómo explicar pero menos si tú no estás, Simplemente así lo sentí, cuando te vi...
Todo c…

Metade de mim é amor....

Tem dias que tô tentando terminar um texto e não consigo. Agora a pouco foquei toda minha concentração nele pra ver se saía alguma coisa e nada... A cabeça ta misturando as lembranças, as palavras, as vontades. Então, resolvi tentar organizá-las num novo texto.



Nesse novo texto eu quero desabafar, colocar pra fora sentimentos e sensações que estão presos aqui dentro. Quero me expôr, transparecer, fazer aparecer esse coração que bate aqui dentro. Quero dizer o quão louca sou por ti, o quanto você me faz confusa e feliz. Quero gritar pro mundo o quanto te quero, o quanto estou disposta e capaz a te fazer entender que eu posso te fazer feliz.
Fico me lembrando de por quantas vezes prometi essa felicidade a outros homens e me dou conta do quanto fui irresponsável. Não porque não seria capaz de cumprir essa promessa, e sim por perceber hoje, que essa promessa só poderia ter sido feita à aquele cara, também capaz de me proporcionar a mesma, você.
É tão louco o fato de que contigo as coisas …

Adeus e Boa Sorte

Diante de tantas brigas e desencontros, só me resta uma certeza: As minhas certezas já não existem mais...
Aquele cara doce que me cobria de juras de amor não habita mais em você. A rosa que toda manhã estava no seu lugar na cama para que, quando eu acordasse ainda sentisse você perto está murchando. Os bilhetinhos me desejando dias lindos e já tão cheios de saudade, antes mesmo de você ir, parecem tão antigos que consigo perceber as letras se apagando, a folha amarelando. Parecem desejos tão antigos quanto a nossa crença em: 'Juntos e felizes para sempre.'

Porque chegamos a esse ponto? Porque deixamos aquela leveza que nos acompanhava se transformar em cobranças e brigas desnecessárias? Não é isso que quero pra nós... Nem sei mais se quero nós.

Agora, enquanto escrevo, me pego em flashs de como era ímpar a nossa relação, do quão fácil era para nós sermos felizes, compreendíamos as necessidades um do outro apenas no olhar e sem nenhum sacrifício, nos empenhávamos para suprí-la…

Mesmo que não fique... o sol sempre volta

E no segundo em que me encontrava, no único lugar que hoje é possível tê-lo meu novamente - Os meus sonhos - Fui despertada pelo toque do celular que ainda tocava nossa canção. Atendi ainda sonolenta... Era a tua voz avisando que estava em minha porta. Levantei meio no susto, meio zonza, descabelada, inxada e, quando abri a porta... Aquele sol que há  dias eu esperava voltar, irradiou diante do teu sorriso ao me ver.

Te convidei para entrar e você, sem exitar, aceitou imediatamente. Seguimos juntos até o interior da casa e ao ultrapassarmos a porta, os nossos olhares se cruzaram e foram necessários poucos segundos para que nossos corpos se atraíssem feito ímã. Nessa hora o meu tempo parou...

Pela primeira vez senti o meu mundo se comprimir, ficar pequeno a ponto de caber naquele abraço. Abraço desesperado, capaz de acelerar um coração na mesma velocidade do Shinkansen. Capaz de fazer com que dois corpos se aproximassem tanto, que um pouco mais de força, penetraríamos um no outro forma…

Fala Comigo

Você anda triste, quieto e nervoso, e não fala comigo. Isso me irrita e dá câncer. Odeio me dar conta que no final somos felizes apenas em fotografias. Que nossos sorrisos em conjunto cabem muito bem no colorido e luminoso do papel. Nas brigas recorrentes, sorrisos só de ironia e sarcasmo, sorrisos que se calam depois de portas batidas. Eu não perco por me angustiar, você brinca com minha aflição. Quanto tempo demora pra esfriar uma cabeça? A minha congelou e você nem desceu as escadas. Eu ligo, mas este telefone está impossibilitado de receber chamadas. Ou não atende por pirraça.

Isso de viver intensamente, à flor da pele, usando contra mim os espinhos que deviam me proteger, já me rendeu lágrimas e dores de cabeça. Eu vivo como se cada dia ao seu lado fosse o último, meu medo é um dia acertar. Volta correndo pra cá, não aprendi a esperar. Você me dá certezas, mas sempre me deixa com vagas promessas. Parece que foi, mas talvez possa voltar. Mas não responde. Parece até s…