Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

Nada mais que a verdade

Teria sido tão mais simples se você tivesse se despido dessa armadura cretina de cafajeste, de homem que está no comando da situação, de garanhão que se diverte em deixar várias mulheres caidinhas por meia dúzia de mentiras bem contadas e um sexo gostoso; por verdades que nos permitiria viver os mesmos ou melhores momentos e nenhum coração partido, nenhuma lágrima derramada, nenhum arrependimento, nenhum sofrimento.
Mas como eu já disse antes; Não teria graça, não é? Talvez a verdade quebrasse um pouco da tua magia em me manter apaixonada pelas tuas mentiras ao invés de de me permitir usufruir apenas das mesmas coisas que você em mim, certo?
Talvez eu nem concordasse com as tuas verdades, talvez elas fossem pouco diante dos meus anseios. Talvez eu me utilizasse delas pra virar o jogo e te prende na MINHA teia de mentiras, ou apenas meias verdades. Ou quem sabe eu aceitasse te usar e me deixar ser usada pelos nossos extintos carnais. Não precisávamos ter colocado sentimento, não preci…