Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2013

Nada mudou

E no meio dessa caminhada, que já dura anos. Enfrentando incansável e intensamente tudo o que a jornada me ofereceu, senti raízes crescendo rapidamente e me prendendo por alguns minutos aqui, neste solo que hoje eu piso. Irradiava em mim a energia, tanto positiva, quanto negativa desta que hoje é a minha realidade.

Era como nos meus sonhos ruins, quando o medo me tomava e o grito ficava preso, as pernas travavam, eu não tinha mais o controle de mim, o medo me dominava.
E aqui, paralisada, com os pés no chão, um clarão se abriu em minha frente e a minha vida foi passando. Como num telão de cinema.
Naquele momento, eu era a única espectadora de minha própria história. Cenas de momentos que eu já nem me recordava que um dia vivi. Crenças que já nem existem mais. Sentimentos que mesmo ignorados, eu nunca os deixei. Menina e mulher tão diferentes do que me tornei.

Sempre tão emotiva e crente nas pessoas... Isso ainda permanece, e como nos anos que se passaram, ainda machuca tanto. E vai m…