Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2017
Tava aqui pensando no nosso último encontro...
Depois de ser tua daquele jeito tão nosso de sermos um do outro, ouvi de você coisas que por anos te pedi pra falar e você sempre evitou.
Pra ser sincera, naquele momento eu tava tão feliz por estar contigo (somente pelo fato de estar, porque isso me causava uma felicidade que você nunca entenderia), e ao mesmo tempo com tanto medo por saber que aquela poderia ser a última vez que estaríamos juntos, por saber que aquele momento era uma possível despedida, que não processei com calma as coisas que você falou, apenas as guardei em minhas lembranças.
Fazem muitos dias, e enquanto eu buscava uma forma menos dolorosa de ir minando o meu sentimento por você. Hoje a saudade bateu forte e resolvi que era hora de fazer uma retrospectiva de tudo, desde o dia em que te vi pela primeira vez, até o nosso último encontro... Era hora de entender certas coisas e aceitá-las de uma vez por todas.
Enquanto eu refletia e relembrava nós dois, fechei os olhos e …

Amar é sentimento de gente corajosa

As vezes me pergunto como teria sido se você tivesse tido coragem, se você tivesse dito sim pra nós dois.
Ultimamente tenho refletido sobre tudo o que vivemos desde que as nossas vidas se cruzaram. Pensando no quanto dei e no quanto recebi. No que fomos e no que poderíamos ter sido...
Conclusão?
Tarde demais pra questionamentos e suposições, fizemos as nossas escolhas e o que importa é vivê-las. Já não importa mais quem errou, da mesma forma que a vida nos juntou ela nos separou, e não adiantam lamentações.
Aprendi que quando buscamos muitas justificativas pra não viver o que dizemos querer é porque talvez, não queríamos tanto assim. É preciso valorizar quem realmente nos ama. Não esse amor dito, esse amor que é cercado por barreiras, vontades e promessas vazias da verdade. Falo do amor no ato, o amor que tem atitude, o amor que quer e se faz acontecer.
Ninguém é infeliz por falta de sorte, as pessoas são infelizes por falta de coragem. Por acharem que é do outro a responsabilidade de fa…