Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

Ê tempo...

"Eu te amo, eu te amo muito!"
Pronto! Podia parar o tempo naquele segundo.  Naqueles olhos que me olhavam e aqueciam o meu coração. Naquela voz meio trêmula, vestida de decisões e inseguranças ao mesmo tempo, mas com uma força e um amor que a anos eu não sentia vir de você. O tempo podia parar no meu coração acelerado, como quem curte David Gueta na pista de dança. Podia parar nos meus olhos cheios de lágrimas ao te ouvir declarar com tanta clareza o teu amor. E ai o tempo podia saltar pro momento em que, com a mesma força você me disse:  - "Eu te quero minha pra sempre. Você é a minha morena, a minha mulher, a minha nega. Não tem jeito, você é minha.". E saltar um pouco mais pra parte em que você dizia querer viver a nossa história, pagar pra ver no que ia dar.  E por fim... Parar no momento em que eu me aconcheguei em teu peito e senti os teus braços se entrelaçando em mim e me permitindo por alguns minutos, estar no melhor lugar do mundo. Onde a alegria se ache…

Quebra-Cabeça

Com nunca antes senti, hoje o meu coração se viu confuso de tal maneira, que me obrigou a voltar a ser aquela mulher preparada a fazer o necessário.


De um lado a curiosidade conspirando com a minha criatividade, à tentar decifrar o que as tuas frases soltas poderiam significar:
- Preciso falar sério contigo, amor.
  É bom e ao mesmo tempo Ruim.
  É sobre nós amor.
  Tomei uma decisão
  E vou por tudo em pratos limpos
  Independente do que eu vou te dizer... EU TE QUERO PRA SEMPRE MORENA!
Peças sobre a mesa e eu me vi diante do quebra-cabeça mais difícil da minha vida. O que será que juntas, essas peças significariam em resposta?


Do outro lado um coração cheio de medo. Um medo que se abraçava a esperança e a uma força que ia crescendo e tentando me preparar para o pior.


Finalmente olhos nos olhos e, mesmo diante da costumeira pirraça, os teus lábios iam tentando montar o quebra-cabeça. Que hora parecia ir se encaixando e ficando perfeito e... Em seguida causava a triste sensação de pe…