Pular para o conteúdo principal

Metade de mim é amor....

Tem dias que tô tentando terminar um texto e não consigo. Agora a pouco foquei toda minha concentração nele pra ver se saía alguma coisa e nada... A cabeça ta misturando as lembranças, as palavras, as vontades. Então, resolvi tentar organizá-las num novo texto.



Nesse novo texto eu quero desabafar, colocar pra fora sentimentos e sensações que estão presos aqui dentro. Quero me expôr, transparecer, fazer aparecer esse coração que bate aqui dentro. Quero dizer o quão louca sou por ti, o quanto você me faz confusa e feliz. Quero gritar pro mundo o quanto te quero, o quanto estou disposta e capaz a te fazer entender que eu posso te fazer feliz.
Fico me lembrando de por quantas vezes prometi essa felicidade a outros homens e me dou conta do quanto fui irresponsável. Não porque não seria capaz de cumprir essa promessa, e sim por perceber hoje, que essa promessa só poderia ter sido feita à aquele cara, também capaz de me proporcionar a mesma, você.
É tão louco o fato de que contigo as coisas são mais simples, eu sou eu e isso é suficiente. Não preciso me esforçar, me adequar, mudar... A gente se encaixa de forma tão perfeita. As coisas fluem, a felicidade vai se aconchegando levemente, tudo vira diversão. Suspiro sozinha e me pergunto o que eu faço com tanto sentimento.?
Não é justo que eu não possa dá-lo TODINHO a você, que eu não possa contagiar o mundo com essa alegria que você me causa, que eu não possa acordar gritando pros quatro cantos do mundo o quanto sou feliz por ter ao meu lado o homem que amo. Que eu não possa escancarar em letras garrafais expostas em outdoors, faixas, cartazes, panfletos, sites... Que EU TE AMO.
Desconfio que caso um dia isso me seja possível, eu serei apontada e julgada. Mas julgada porque? Porque dei ao meu coração a chance de novamente se sentir vivo? Porque arrisco sem medo, ou com medo também? Porque arrisco e luto por aquilo e/ou aquele que quero pra mim? Porque dou a cara a bater por uma relação que talvez tenha tudo pra não dar certo, mas que contudo, consegue arrancar de mim sorrisos bobos, suspiros. Consegue acelerar meu coração no limite, consegue me tirar o sono, me dispôr, me fazer arriscar, me fazer acreditar na linda fantasia de viver esse amor.?
Então que me julguem. Que me julguem os fracos, os mal amados, os descrentes de amor ( Ps: Isso não é uma indireta, tá? rs), os infelizes, os sem esperança. Estou disposta a pagar pela minha sentença, pois enquanto tudo isso não se quebrar e a mágoa talvez me fazer querer juntar a quem um dia me julgou "metade de mim é amor e a outra metade também."

Dila Mota 

Metade- Oswaldo Montenegro

Comentários

  1. Bah Guria, você e esse teu amor que contagia.
    Caso o cabra não queira receber o teu amor todinho, tô aqui pra ajudá-la a não ter que desperdiçar tanto amor. risos
    Lindo texto, parabéns

    Gaúcho

    ResponderExcluir
  2. Não precisava dizer nem 5 dessas linhas pra mim... Já estaria aí no portão da sua casa, te chamando, pra antes de falar oi, sentir o que é corresponder de verdade a tanto sentimento...
    Sabe quem eu sou... Se quiser saber o que é isso, não precisa me escrever um texto. Só me dá um toque!

    ResponderExcluir
  3. Sou suspeita a comentar porque além de fã da escritora, sou FÃ da música!
    E que amor é esse? Que com tantos admiradores, você ainda prefere se manter "refém"!?!
    Parabéns, Lindona!

    ResponderExcluir
  4. Oh Gaucho to quase indo ai te buscar pra vc aproveitar esse amor todo dessa minha irmã ai ta?
    Ela precisa só de alguém que (REALMENTE)saiba valorizar esse amor!!!

    Lindo texto meu BB!
    TE AMOOOOO MUITOOOOOOOOOOOO

    ResponderExcluir
  5. Eita gaucho atitude!
    Tu ta precisando de um homem assim decidido, que saiba dar valor a esse sentimento e não te deixe refém desse amor, porque vc merece um homem de verdade que te faça feliz sem precisar esconder esse amor de ninguém por medo de ser julgada.

    Te amoo

    ResponderExcluir
  6. Vixiiii... o negócio aqui ta intensooo.. haha

    Meu amores... vim agradecer todos os comentários.
    Brigada pelo carinho e preocupação... Mas por favor, prefiro que o foco seja o texto e não o gaúcho, se é que vcs me entendem. haha

    Beijinhos nas lindas da Dila

    ResponderExcluir
  7. Naturalmente, faltava meu comentário aqui, né? Rsrs
    Interessante como todo mundo percebeu que tem alguma coisa faltando nessa história,
    Mas bem... O problema não tá em metade de ti ser amor [e a outra metade também], mas em ter um amor pela metade e aceitá-lo como se fosse inteiro. As pessoas me criticam dizendo que não acredito no amor, mas para mim, acreditar em amor quebrado é também dar descrédito a um sentimento tão intenso que não cabe em tempo e avaliações. O amor para mim não tem prazo, não pode ser adiado, deixado para um momento oportuno, simplesmente porque ele acontece no mesmo exato momento em que somos tomados por ele. Se amor não for assim, confesso: NÃO ACREDITO NELE. E só como conselho: desconfie você também.
    Te amo nas metades inteiras dessa pessoa linda que você é. ♥

    ResponderExcluir
  8. Maravilhosa criatura, que sejamos sempre nós, inteiros de amor.
    Todos os dias, olho seu blog, pra ver se rola alguma atualização. E hoje, me deparo com um TEXTÃO... Voltarei sempre, pra capturar mais e mais do seu astral! Lindo texto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estrella... Mil perdões pela indelicadeza de não ter visto e respondido o teu comentário antes. É que a minha mania de fazer do blog apenas uma válvula de escape, para por pra fora aquilo que já não consigo mais guardar no peito, achando que as minhas inseguranças, loucuras e insanidades sentimentais possam jamais interessar alguém, de fato não me permitiu ver o teu cometário antes.
      Mas confesso-lhe, o meu coração sorriu ao ler o que escreveu. Seja sempre bem vindo(a)e fique a vontade.
      Sorrisos pra ti!!

      Excluir
  9. Parabéns DI MOTA! lindo texto! adorei! parabéns também pelo o blog, não o conhecia mas, a partir desse instante, virei aqui mais vezes! hasta la vista! sucesso! beijos!
    http://adilsonconectado.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adilson, Que bom que gostou. Sinta-se a vontade pra voltar quando quiser, será sempre bem vindo.
      Temos também a nossa página no face, caso queira participar...

      https://www.facebook.com/pages/Pelo-Avesso/322139337816038

      Beijos

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ta doendo... Mas vai passar!

É engraçado como me permito ser magoada. Chega a ser patético me olhar no espelho e me dar conta do quanto tenho cuidado mal de mim.
Essa minha mania de ser compreensiva, paciente, boba, só tem me ajudado a aumentar a minha coleção de mágoas e lenços molhados de lágrimas. E não me refiro apenas a você, que tem sido o maior responsável por elas, me refiro ao que me cerca, ao que me beija o rosto e como Judas, me trai.

...

Ta doendo, ardendo em fogo aqui dentro. É como a carne viva, exposta, propícia a ser tocada e voltar a doer e sangrar novamente. Ta doendo e eu não sei o que fazer. Me sinto perdida entre sentimentos e vontades. Vejo a minha vida como as letras do teclado, embaçadas em meio as lágrimas que não sabem se caem ou são engolidas pelo meu orgulho.
Eu já não sei qual das mulheres preciso ser ou voltar a ser pra que eu te convença a se entregar ou me deixar ir. Eu já nem sei mais se quero te convencer de nada. Eu só preciso desesperadamente que de alguma maneira o alivio cai…

May... Amiga, irmã, cumplice, companheira, especial!

Tem irmãos que a vida nos dá, tem irmão que a gente escolhe. Eu escolhi você! Na nossa amizade, tudo é tão diferente. Até os momentos mais tensos acabam numa resenha sem tamanho.  É incrível como nos damos bem, como nos entendemos somente em nos olhar.  Com você conheci uma amizade diferente de tudo que já tinha vivido, é uma amizade livre, que não cobra, que não julga, que não questiona... apenas existe, se faz sentir e me faz bem. Adoro as nossas reuniões pra falar das novidades, dos nossos casos e acasos, dos conselhos, do riso sem motivo, do carinho tão sincero, da preocupação, as armações pras nossas loucuras mais secretas, das gargalhadas, das nossas viagens cheias de histórias pra contar (viagens que por sinal, andam fazendo falta). Adoroo tudo em você! Brigada por existir e mais ainda, por fazer parte da minha vida. Que a nossa amizade seja eterna enquanto dure, e que dure para sempre.
Ta ai a mensagem que você me mandou e que eu prometi postar aqui em sua homenagem... não sei porque…

Acorda Menina!!

Acorda menina...

Levanta desse leito que você transformou sua vida, abre as janelas dessa escuridão e se permita a luz. Abre os teus olhos pra vida, ela tem te dado sinais claros de que ai dentro desse mundinho teu, as coisas que te aguardam lá fora não vão acontecer. Você merece mais que frestas de luz, você merece mais que o aquecimento desse cobertor que você utiliza pra encobrir tuas fraquezas, você merece mais que as tentativas de abrir os olhos querendo acordar e por preguiça de lutar por aquilo que merece, voltar a dormir.
A tua covardia em acreditar que no teu mundo de sonhos TUDO pode acontecer e que estas coisas acontecem do jeito que você quiser é pura ilusão. Sonhar é delicioso, mas a realidade dos fatos pode ser ainda mais interessante. Sonhar é magico, mas a magia real é transformar nossos sonhos em verdades pro mundo, não apenas pra nós.

Acorda menina!

Sabe aquele lugar lindo, com raios de sol, com flores, com o som dos pássaros, com a companhia perfeita e uma felicidade…