Pular para o conteúdo principal

Um olhar que grita amor



Hoje eu estava conversando com um amigo, não tão próximo e com quem não costumo conversar muito. Entre um assunto e outro ele questionou se tinha permissão para me perguntar algo. Pela maneira como ele me pediu, tive receio de dizer que sim, mas arrisquei e o permiti. Ele então, com um leve sorriso nos lábios e os olhos fixados nos meus perguntou:

- Sabe fulano?
- Sei... o que tem ele?
- Você o ama né?

Tentando ser o mais discreta possível, retruquei:

- Oushii, de onde você tirou isso?? Somos amigos

E ele mais uma vez sorrindo, respondeu:

- Dos teus olhos, teu olhar grita que ama aquele cara. Os olhares entre vocês, da energia que rola quando vocês estão perto um do outro. Vocês fariam um belo casal, porque não tentam? Os olhos dele também demonstram algo forte por você.

Naquele momento, em fração de segundos até tentar achar uma resposta qualquer, a minha cabeça deu um nó e eu pensei: Amoo, amoo muitoo. Tudo que eu mais queria na vida era que de fato virássemos um casal e eu nem sei de fato se ele me ama. Mas que amor é esse que grita os olhos mas tem que calar todo resto? Que amor é esse que me impede de gritar ao mundo o quanto estar ao lado dele me faz feliz? Que amor é esse que me poda de fazer nossa relação crescer e florescer? Que amor é esse que é vivido pela metade?
E então eu respirei fundo e na tentativa de mais uma vez, calar o meu sentimento eu olhei para aqueles olhos fixados nos meus e disse:

- Somos amigos, e o futuro a Deus pertence. Os planos de Deus são maiores e melhores que os meus... Se for da vontade do Senhor, eu vou ser uma mulher feliz.
- Tudo bem, a boca fala o que quer, mas eu prefiro acreditar nos olhos, eles são janela da alma... Pra quem os sabe ler, eles nunca mentem.

Encerrei a conversa e com uma desculpa esfarrapada me despedi. Não queria correr o risco de que ele lesse ainda mais desse amor que eu mantenho prisioneiro em meu olhos e meu coração.

Dila Mota


"E não dá pra disfarçar e quem olhar vai perceber que eu, sou tua e de mais ninguém..."
(Rodriguinho)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ta doendo... Mas vai passar!

É engraçado como me permito ser magoada. Chega a ser patético me olhar no espelho e me dar conta do quanto tenho cuidado mal de mim.
Essa minha mania de ser compreensiva, paciente, boba, só tem me ajudado a aumentar a minha coleção de mágoas e lenços molhados de lágrimas. E não me refiro apenas a você, que tem sido o maior responsável por elas, me refiro ao que me cerca, ao que me beija o rosto e como Judas, me trai.

...

Ta doendo, ardendo em fogo aqui dentro. É como a carne viva, exposta, propícia a ser tocada e voltar a doer e sangrar novamente. Ta doendo e eu não sei o que fazer. Me sinto perdida entre sentimentos e vontades. Vejo a minha vida como as letras do teclado, embaçadas em meio as lágrimas que não sabem se caem ou são engolidas pelo meu orgulho.
Eu já não sei qual das mulheres preciso ser ou voltar a ser pra que eu te convença a se entregar ou me deixar ir. Eu já nem sei mais se quero te convencer de nada. Eu só preciso desesperadamente que de alguma maneira o alivio cai…

Acorda Menina!!

Acorda menina...

Levanta desse leito que você transformou sua vida, abre as janelas dessa escuridão e se permita a luz. Abre os teus olhos pra vida, ela tem te dado sinais claros de que ai dentro desse mundinho teu, as coisas que te aguardam lá fora não vão acontecer. Você merece mais que frestas de luz, você merece mais que o aquecimento desse cobertor que você utiliza pra encobrir tuas fraquezas, você merece mais que as tentativas de abrir os olhos querendo acordar e por preguiça de lutar por aquilo que merece, voltar a dormir.
A tua covardia em acreditar que no teu mundo de sonhos TUDO pode acontecer e que estas coisas acontecem do jeito que você quiser é pura ilusão. Sonhar é delicioso, mas a realidade dos fatos pode ser ainda mais interessante. Sonhar é magico, mas a magia real é transformar nossos sonhos em verdades pro mundo, não apenas pra nós.

Acorda menina!

Sabe aquele lugar lindo, com raios de sol, com flores, com o som dos pássaros, com a companhia perfeita e uma felicidade…

May... Amiga, irmã, cumplice, companheira, especial!

Tem irmãos que a vida nos dá, tem irmão que a gente escolhe. Eu escolhi você! Na nossa amizade, tudo é tão diferente. Até os momentos mais tensos acabam numa resenha sem tamanho.  É incrível como nos damos bem, como nos entendemos somente em nos olhar.  Com você conheci uma amizade diferente de tudo que já tinha vivido, é uma amizade livre, que não cobra, que não julga, que não questiona... apenas existe, se faz sentir e me faz bem. Adoro as nossas reuniões pra falar das novidades, dos nossos casos e acasos, dos conselhos, do riso sem motivo, do carinho tão sincero, da preocupação, as armações pras nossas loucuras mais secretas, das gargalhadas, das nossas viagens cheias de histórias pra contar (viagens que por sinal, andam fazendo falta). Adoroo tudo em você! Brigada por existir e mais ainda, por fazer parte da minha vida. Que a nossa amizade seja eterna enquanto dure, e que dure para sempre.
Ta ai a mensagem que você me mandou e que eu prometi postar aqui em sua homenagem... não sei porque…