Pular para o conteúdo principal

Só um desabafo...



Faz pouco mais de um mês que tomei a difícil decisão de encarar os fatos - Acabou! -.
O amontoado de frustrações e decepções já havia me submergido. A minha paciência pra esperar que o milagre da atitude e coragem caíssem sobre você, já havia ultrapassado todos os meus limites. Eu já não tinha mais forças pra lutar, eu já não sabia mais se valia a pena insistir. Você e suas ações só negativavam toda misera esperança que esse coração teimoso, ainda soprava como quem tenta manter a brasa que esta se apagando.
Naquela noite eu só pedi a Deus que me desse força, eu estava despedaçada. Deitar a cabeça no travesseiro foi como dar um play nos nossos momentos. Cada sorriso teu, cada declaração, cada toque, cada olhar... Nossas viagens, nossas loucuras, nossos planos. Nossa sede um do outro, nosso beijo tão singular, o teu cheiro. Tantas coisas, tantas verdades, tentas mentiras e uma certeza; eu precisava destruir cada pedacinho desse amor imenso que existe aqui dentro.
Não é algo fácil, eu ainda o amo e pra que isso mude ainda leva um tempo, mas eu tenho me sentido orgulhosa da minha força e determinação. Não choro e não me permito entristecer pela falta que você faz. Não dou espaço pra que a mente fique vazia, sei que isso seria a brecha perfeita pra que as nossas lembranças se aproveitassem pra ocupar meus pensamentos. As vezes o meu filho insistia em questionar e me fazer lembrar o "tio" que ele ama como um "pai", e eu precisei esquecer que ele é só uma criança e conversar com ele como adulto, pra que ele pudesse me ajudar... E de um jeito tão lindo, ele foi compreensivo. Tenho tentado evitar os lugares onde imagino que possivelmente esbarraremos, mas quando é inevitável, a certeza de que esquecer o que passou e olhar pra frente é o melhor pra mim, me faz segurar a vontade de congelar os meus olhos em tua direção e ficar imaginando como você deve estar sem mim. Aliás, questionamentos como esse eu já nem me faço mais, é melhor não saber de você, nem da sua vida, já que a nossa vida já não tem mais nada a ver.
Só preciso confessar uma coisa... Agora, enquanto eu escrevia, uma música me pegou desprevenida e me fez lembrar você daquele jeito nosso, a saudade bateu. As lágrimas ameaçaram cair, as lembranças chegaram a bagunçar a minha mente, o coração acelerou e apertou o peito. Mas é natural não é? Eu sou forte mas não sou de ferro! E o jeito é respirar fundo, mudar a música e continuar seguindo em frente, lembrando que o foco agora sou eu, e na eu de agora, metades não me preenchem.
Sendo assim... insistir em você, é como viver sem ser preenchida. Não vale a pena...

Dila Mota

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ta doendo... Mas vai passar!

É engraçado como me permito ser magoada. Chega a ser patético me olhar no espelho e me dar conta do quanto tenho cuidado mal de mim.
Essa minha mania de ser compreensiva, paciente, boba, só tem me ajudado a aumentar a minha coleção de mágoas e lenços molhados de lágrimas. E não me refiro apenas a você, que tem sido o maior responsável por elas, me refiro ao que me cerca, ao que me beija o rosto e como Judas, me trai.

...

Ta doendo, ardendo em fogo aqui dentro. É como a carne viva, exposta, propícia a ser tocada e voltar a doer e sangrar novamente. Ta doendo e eu não sei o que fazer. Me sinto perdida entre sentimentos e vontades. Vejo a minha vida como as letras do teclado, embaçadas em meio as lágrimas que não sabem se caem ou são engolidas pelo meu orgulho.
Eu já não sei qual das mulheres preciso ser ou voltar a ser pra que eu te convença a se entregar ou me deixar ir. Eu já nem sei mais se quero te convencer de nada. Eu só preciso desesperadamente que de alguma maneira o alivio cai…

Acorda Menina!!

Acorda menina...

Levanta desse leito que você transformou sua vida, abre as janelas dessa escuridão e se permita a luz. Abre os teus olhos pra vida, ela tem te dado sinais claros de que ai dentro desse mundinho teu, as coisas que te aguardam lá fora não vão acontecer. Você merece mais que frestas de luz, você merece mais que o aquecimento desse cobertor que você utiliza pra encobrir tuas fraquezas, você merece mais que as tentativas de abrir os olhos querendo acordar e por preguiça de lutar por aquilo que merece, voltar a dormir.
A tua covardia em acreditar que no teu mundo de sonhos TUDO pode acontecer e que estas coisas acontecem do jeito que você quiser é pura ilusão. Sonhar é delicioso, mas a realidade dos fatos pode ser ainda mais interessante. Sonhar é magico, mas a magia real é transformar nossos sonhos em verdades pro mundo, não apenas pra nós.

Acorda menina!

Sabe aquele lugar lindo, com raios de sol, com flores, com o som dos pássaros, com a companhia perfeita e uma felicidade…

May... Amiga, irmã, cumplice, companheira, especial!

Tem irmãos que a vida nos dá, tem irmão que a gente escolhe. Eu escolhi você! Na nossa amizade, tudo é tão diferente. Até os momentos mais tensos acabam numa resenha sem tamanho.  É incrível como nos damos bem, como nos entendemos somente em nos olhar.  Com você conheci uma amizade diferente de tudo que já tinha vivido, é uma amizade livre, que não cobra, que não julga, que não questiona... apenas existe, se faz sentir e me faz bem. Adoro as nossas reuniões pra falar das novidades, dos nossos casos e acasos, dos conselhos, do riso sem motivo, do carinho tão sincero, da preocupação, as armações pras nossas loucuras mais secretas, das gargalhadas, das nossas viagens cheias de histórias pra contar (viagens que por sinal, andam fazendo falta). Adoroo tudo em você! Brigada por existir e mais ainda, por fazer parte da minha vida. Que a nossa amizade seja eterna enquanto dure, e que dure para sempre.
Ta ai a mensagem que você me mandou e que eu prometi postar aqui em sua homenagem... não sei porque…