Pular para o conteúdo principal

Saudade de mim... Saudade de você

Hoje acordei com saudade de mim, saudade daquela que eu era quando estava com você, saudade daquela menina que hoje, quando olho, está sentada no canto do quarto, hora ouvindo propositadamente músicas que me lembram você, hora ouvindo o silêncio. E em todas as circunstâncias me questionando porque tem que ser assim.
Saudade daquele coração acelerado cada vez que imaginava que te veria, cada vez que te via. Das pernas bambas. Da boca seca. Das inumeras noites de insônia causadas pela própria saudade. Da cara de boba que as tuas surpresas me causavam. Dos sorrisos sem motivos, apenas pela alegria de tê-lo, perto ou não. Das pirraças que me deixavam doida de curiosidade e me irritavam por isso, mas que eu adorava. Saudade te te pegar me olhando com ternura, com carinho. Das nossas loucuras a cada tentativa de realizar nossos desejos. Saudade de te provocar sem pena e te enlouquecer de tanta vontade de mim. De me empenhar em satisfazer as suas fantasias mais loucas. De te abraçar forte sem vontade nenhuma de soltar. Da minha briga com o tempo que insistia em correr quando estávamos juntos e que parecia parar quando estávamos distantes. Da minha torcida em ter a casa vazia só pra poder promover os nossos encontros... É tanta saudade que aqui não caberia!
Contigo eu sentia vontade de provar de tudo. Todas as mais loucas vontades que a minha mente criava era com você que eu queria experimentar. Do teu lado eu me sentia a vontade para ser como sou ou como você desejava que eu fosse. Da mais inocente(ou nem tanto) aluna de colegial até a mais pervertida prostituta.
Adorava surpreendê-lo e, a mais discreta reação de prazer que eu conseguia te causar era o ponto de partida para que o meu prazer desabrochasse.
O ditado insiste no fato de que nada na vida é perfeito e, se por ventura eu tive a sorte de chegar próxima da perfeição, agora é hora de abrir mão dela... E de você!

... (Tempo pra chorar, vou me recompôr e volto em alguns minutos.)

Pronto, já me sinto melhor, mas e agora??
Como vai ser ficar sem os abraços mais quentes, sem o colo mais aconchegante, sem o sorriso mais alegre e misterioso, os olhos mais brilhantes e sinceros, os carinhos mais dengosos, as conversas mais divertidas e espontâneas, os desejos incessantes, os beijos mais macios e saborosos, as maldades com ótimas intenções, o cheiro bom que grudava fácil em mim cada vez que encostava teu corpo no meu?? 
Não é justo ter que reaprender a viver sem aquilo que tão facilmente me adaptei. Não é justo substituir tanta felicidade, tanto desejo, bem querer, tanta paz com um vazio que consome, que borbulha e sufoca. Um vazio que entristece. Não é justo que um coração que só queira amar tenha que sofrer com essa ausência tua que o castiga tanto.
Tô confusa, brigando constantemente comigo mesma na esperança de encontrar uma saída. Fico relendo nossas conversas, relembrando nossos encontros e tentando entender o que falta pra dar certo. O que falta pra que aquela felicidade que nos acompanhava volte a andar conosco, para que possamos adotá-la como nossa, dar o nosso sobrenome a ela e tê-la pra sempre do nosso lado...
Eu sei que não é fácil, nem pra mim, nem pra você. Mas viver é arriscar, é apostar acreditando que vai dar certo. Eu apostei e ainda aposto o que tenho de mais valioso, o meu coração, com a certeza de que se a chance de te fazer feliz me for dada, eu não precisarei mais nunca torcer para ganhar na loteria. O teu amor é o maior e melhor prêmio que alguém possa querer... Me sentirei rica em tê-lo!

Dila Mota


 

Comentários

  1. muito massa esse blog !!

    ResponderExcluir
  2. Brigada pelo elogio, sinta-se a vontade pra passear por todos os meus desabafos e histórias postadas aqui!!

    Abraços

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ta doendo... Mas vai passar!

É engraçado como me permito ser magoada. Chega a ser patético me olhar no espelho e me dar conta do quanto tenho cuidado mal de mim.
Essa minha mania de ser compreensiva, paciente, boba, só tem me ajudado a aumentar a minha coleção de mágoas e lenços molhados de lágrimas. E não me refiro apenas a você, que tem sido o maior responsável por elas, me refiro ao que me cerca, ao que me beija o rosto e como Judas, me trai.

...

Ta doendo, ardendo em fogo aqui dentro. É como a carne viva, exposta, propícia a ser tocada e voltar a doer e sangrar novamente. Ta doendo e eu não sei o que fazer. Me sinto perdida entre sentimentos e vontades. Vejo a minha vida como as letras do teclado, embaçadas em meio as lágrimas que não sabem se caem ou são engolidas pelo meu orgulho.
Eu já não sei qual das mulheres preciso ser ou voltar a ser pra que eu te convença a se entregar ou me deixar ir. Eu já nem sei mais se quero te convencer de nada. Eu só preciso desesperadamente que de alguma maneira o alivio cai…

Acorda Menina!!

Acorda menina...

Levanta desse leito que você transformou sua vida, abre as janelas dessa escuridão e se permita a luz. Abre os teus olhos pra vida, ela tem te dado sinais claros de que ai dentro desse mundinho teu, as coisas que te aguardam lá fora não vão acontecer. Você merece mais que frestas de luz, você merece mais que o aquecimento desse cobertor que você utiliza pra encobrir tuas fraquezas, você merece mais que as tentativas de abrir os olhos querendo acordar e por preguiça de lutar por aquilo que merece, voltar a dormir.
A tua covardia em acreditar que no teu mundo de sonhos TUDO pode acontecer e que estas coisas acontecem do jeito que você quiser é pura ilusão. Sonhar é delicioso, mas a realidade dos fatos pode ser ainda mais interessante. Sonhar é magico, mas a magia real é transformar nossos sonhos em verdades pro mundo, não apenas pra nós.

Acorda menina!

Sabe aquele lugar lindo, com raios de sol, com flores, com o som dos pássaros, com a companhia perfeita e uma felicidade…

May... Amiga, irmã, cumplice, companheira, especial!

Tem irmãos que a vida nos dá, tem irmão que a gente escolhe. Eu escolhi você! Na nossa amizade, tudo é tão diferente. Até os momentos mais tensos acabam numa resenha sem tamanho.  É incrível como nos damos bem, como nos entendemos somente em nos olhar.  Com você conheci uma amizade diferente de tudo que já tinha vivido, é uma amizade livre, que não cobra, que não julga, que não questiona... apenas existe, se faz sentir e me faz bem. Adoro as nossas reuniões pra falar das novidades, dos nossos casos e acasos, dos conselhos, do riso sem motivo, do carinho tão sincero, da preocupação, as armações pras nossas loucuras mais secretas, das gargalhadas, das nossas viagens cheias de histórias pra contar (viagens que por sinal, andam fazendo falta). Adoroo tudo em você! Brigada por existir e mais ainda, por fazer parte da minha vida. Que a nossa amizade seja eterna enquanto dure, e que dure para sempre.
Ta ai a mensagem que você me mandou e que eu prometi postar aqui em sua homenagem... não sei porque…