Pular para o conteúdo principal

The End

E naquele dia, depois do tapa que a realidade me deu ao dizer-me que os meus planos de virar o ano ao teu lado, não seriam possíveis, eu me senti obrigada a tentar te fazer optar por nós... Ou não!
 Teu sorriso meio tímido, pedindo o meu, que se formava ainda mais tímido deixava clara a tensão momentânea. A naturalidade não conseguia fazer parte da ocasião... Ao te olhar já sabia que nada seria como antes, eu teria que ir contra tudo aquilo que o meu coração gritava dentro do peito e agir com a razão.
Eu não queria aquele momento, eu não queria abrir mão de você, abrir mão de uma felicidade que a tempos eu não vivia. Eu não queria por um fim naquilo que um dia acreditei que podia ser pra sempre, por um fim em planos que fiz sozinha, em planos que fizemos juntos.
Por alguns segundos, enquanto te dizia coisas que no fundo só queriam arrancar de você uma ponta de esperança para que eu não precisasse desistir, senti os seus olhos tentando não se afogar em lagrímas que ja haviam agogado os meus.
Falei, falei, falei e repeti... Mas não tive coragem de te encarar e dizer que acabou. Minha cabeça confusa me pedia pra ser breve e resolver logo, iria doer menos. O meu coração sangrando me pedia paciência, te pedia pra não ir, torcia pra que você não me deixasse pôr um ponto final numa história de amor que não havia chegado nem no meio.
Você se despediu. Disse que precisava pensar, me pediu um abraço, um beijo e se foi... nada resolvido.
Em questão de minutos depois, da maneira mais covarde, por msn, meio que por impulso, te disse que não dava mais:

Dila: Amor...
desculpa te dizer isso por aqui mas não tive coragem de dizer olhando pra vc.
Acho que é melhor a gente dar um tempo, se afastar e dessa vez pra valer. 
Não quero sair machucada disso...
A minha felicidade em estar com você é tão grande que faz disso um risco maior caso a queda aconteça, e eu não posso arriscar ainda mais. To me sentindo péssima em ter que fazer isso e sei que vou sofrer por causa da falta que você vai me fazer, mas preciso disso...

 
E você, da maneira mais fria possível me disse:

Amor: humm
viuu
eu te entendo
vou sair aki amanha agente tc
fui

Pronto, está feito!
Trancada no meu mundo, deitada na minha cama que ainda exalava o teu cheiro, desabei. A menina forte estava se sentindo derrotada, fraca, confusa, indecisa, insegura, completamente perdida. Um barquinho no meio do mar em noite de tempestade e ventania, sem rumo, sem porto. E aquelas borboletas que a meses habitavam o meu estômago migraram pra outro lugar, eu me sentia oca, vazia.
Me abracei com o travesseiro e chorei, estava feito, era tudo finito!
"Chorei porque queria sim, você só pra mim."
E agora, o que vou fazer com essa dor que a tua falta já me causa?
"Eu não consigo te transformar em ontem."
O meu mundo colorido de repente estava cinza, sombrio, gelado. O que vou fazer com os meus beijos que só querem tua boca? Com o meu corpo que queima de desejo só de imaginar você por possuí-lo. Com esse bem querer acumulado aqui e destinado a ti. Com os sonhos que ainda não realizamos. Com o teu cheiro grudado em minha pele. Com a lembrança do teu sorriso. Com a delícia que era te amar, ser tão sua a ponto de por instantes deixar de ser minha. Com a tua voz que soa em meu ouvido cantando as nossas canções, compostas ou não por você. Com essa insônia que a saudade de você me causa. Com essa vontade de que tudo não tivesse passado de um sonho ruim que terminaria com você fazendo aquele tão prometido escândalo no meu portão, dizendo que me ama e que não vai abrir mão desse amor....

Dila Mota


"Tudo acaba, mas o que te escrevo continua. O que é bom, muito bom; o melhor ainda não foi escrito. O melhor está nas entrelinhas."
 Clarice Lispector


Ps: As frases sublinhadas, são do texto Apenas Mais uma de Amor, da minha amiga Nanda Gregório, vale a pena conferir também. Fica ai a dica! (http://nanda-gregorio.blogspot.com/)

Comentários

  1. Amiga...
    Não consegui evitar as lágrimas ao ler-te.
    Histórias bem parecidas...
    Como é difícil desatar laços, não é mesmo?
    Eu creio que seja uma das coisas mais complicadas, pq somos todas coração, nos jogamos, acreditamos, desejamos, somos egoístas, sim, egoístas: queremos nosso homem só pra gente. E isso lá é pedir demais? Não é!
    Se amor com duas pessoas já é complicado, que dirá com mais...

    Eu só espero que a ferida cure, e se for aberta novamente, que seja pra cicatrizar de vez...

    Do mais, tô na mesma.

    Ah e que coisa mais linda usar minhas frases!

    Te conhecer foi um presente!
    Boa sorte pra nós!

    E pense: Se nada der certo, ainda temos as pontes, ahahahaha


    beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oww lindaaa,
    adoroo cada vez que vc comenta meus textos.
    Sua arte me inspira, sou sua fã e papel de fã é admirar e repetir aquilo que o ídolo tem de bom.

    Atualmente acho que ninguém me entende melhor que você. Nada como sofrer do mesmo mal pra que se entenda a dor do outro né?
    Só nos resta esperar essa tempestade passar... de um jeito ou de outro ou sol sempre volta a brilhar!

    E se nada der certo, ainda temos as pontes, hahaha

    Presente foi o meu em te conhecer. Sortee!
    Beijooos sua linda!!

    ResponderExcluir
  3. Meninaa, não sofra por algo que acha que perdeu. Nem sempre a perda significa realmente que perdemos. Ás vezes perder é uma forma de ganhar!

    Pense nisso!
    Triste porêm lindo o seu texto.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ta doendo... Mas vai passar!

É engraçado como me permito ser magoada. Chega a ser patético me olhar no espelho e me dar conta do quanto tenho cuidado mal de mim.
Essa minha mania de ser compreensiva, paciente, boba, só tem me ajudado a aumentar a minha coleção de mágoas e lenços molhados de lágrimas. E não me refiro apenas a você, que tem sido o maior responsável por elas, me refiro ao que me cerca, ao que me beija o rosto e como Judas, me trai.

...

Ta doendo, ardendo em fogo aqui dentro. É como a carne viva, exposta, propícia a ser tocada e voltar a doer e sangrar novamente. Ta doendo e eu não sei o que fazer. Me sinto perdida entre sentimentos e vontades. Vejo a minha vida como as letras do teclado, embaçadas em meio as lágrimas que não sabem se caem ou são engolidas pelo meu orgulho.
Eu já não sei qual das mulheres preciso ser ou voltar a ser pra que eu te convença a se entregar ou me deixar ir. Eu já nem sei mais se quero te convencer de nada. Eu só preciso desesperadamente que de alguma maneira o alivio cai…

May... Amiga, irmã, cumplice, companheira, especial!

Tem irmãos que a vida nos dá, tem irmão que a gente escolhe. Eu escolhi você! Na nossa amizade, tudo é tão diferente. Até os momentos mais tensos acabam numa resenha sem tamanho.  É incrível como nos damos bem, como nos entendemos somente em nos olhar.  Com você conheci uma amizade diferente de tudo que já tinha vivido, é uma amizade livre, que não cobra, que não julga, que não questiona... apenas existe, se faz sentir e me faz bem. Adoro as nossas reuniões pra falar das novidades, dos nossos casos e acasos, dos conselhos, do riso sem motivo, do carinho tão sincero, da preocupação, as armações pras nossas loucuras mais secretas, das gargalhadas, das nossas viagens cheias de histórias pra contar (viagens que por sinal, andam fazendo falta). Adoroo tudo em você! Brigada por existir e mais ainda, por fazer parte da minha vida. Que a nossa amizade seja eterna enquanto dure, e que dure para sempre.
Ta ai a mensagem que você me mandou e que eu prometi postar aqui em sua homenagem... não sei porque…

Acorda Menina!!

Acorda menina...

Levanta desse leito que você transformou sua vida, abre as janelas dessa escuridão e se permita a luz. Abre os teus olhos pra vida, ela tem te dado sinais claros de que ai dentro desse mundinho teu, as coisas que te aguardam lá fora não vão acontecer. Você merece mais que frestas de luz, você merece mais que o aquecimento desse cobertor que você utiliza pra encobrir tuas fraquezas, você merece mais que as tentativas de abrir os olhos querendo acordar e por preguiça de lutar por aquilo que merece, voltar a dormir.
A tua covardia em acreditar que no teu mundo de sonhos TUDO pode acontecer e que estas coisas acontecem do jeito que você quiser é pura ilusão. Sonhar é delicioso, mas a realidade dos fatos pode ser ainda mais interessante. Sonhar é magico, mas a magia real é transformar nossos sonhos em verdades pro mundo, não apenas pra nós.

Acorda menina!

Sabe aquele lugar lindo, com raios de sol, com flores, com o som dos pássaros, com a companhia perfeita e uma felicidade…