Pular para o conteúdo principal

Louca Fantasia

Mais uma vez eu te atrai para mim... 
Eu estava mal intencionada, queria te prender na minha teia e abusar de você sem piedade. Queria te induzir a realizar uma fantasia minha sem que tivesse noção disso. Na minha cabeça, desse jeito ia ser mais divertido, excitante. Ingênuo, ou não, você atendeu o meu chamado sem resistir e em questão de minutos estava trancado no meu mundo, mundo onde eu dito as regras, mundo onde eu permito que as mesmas sejam quebradas.
A minha maldade começou a ser percebida por você quando se deu conta de que embaixo do meu vestido de listrinhas e babados não havia nada além do meu desejo. Devo admitir que a cada olhar malicioso que você lançava na minha direção enquanto passeava suas mãos entre as minhas pernas, a minha vontade de ser boazinha me apertava a mente, mas o meu anjo mal dessa vez trouxe um alto falante e berrava sem parar no meu ouvido:

"-Seja má! A sua missão é enlouquecê-lo!!"

Eu então me concentrei na minha missão.
Olhando nos seus olhos fiz a minha boca passear no teu corpo até parar num lugar estratégico. As tuas mãos amassando o lençol e a tua cara de prazer enquanto mordia os lábios me excitavam e estimulavam ainda mais a minha vontade de te deixar louco. Não demorei muito e, como um lego fui me encaixando em você. Devagar, mansa, mirando os teus olhos e segurando forte a tua nuca, até que um leve sorriso foi se formando em meu rosto; era o sinal de satisfação por te sentir tão em mim.
Abri a guarda e por alguns minutos te deixei me dominar, te deixei fazer de mim o que bem quis, e você fez tão bem feito que o meu corpo respondeu com gemidos enlouquecidos, a respiração ofegante e tão alta quanto o nível de prazer que eu estava sentindo. O meu corpo formigava, minhas mãos apertavam com força os teus braços, as minhas unhas sentiam vontade de arrancar o couro das tuas costas. Até que de repente soltei o gemido mestre e... Senti as minhas pernas bambas, o meu corpo amoleceu rapidamente, o meu coração pulsava numa velocidade incalculável e aquele sorriso leve foi se desfazendo e dando lugar a outro, tão gostoso quanto; Era o sorriso da perversão, da menina má que já alimentada e satisfeita, resolvia comunicar ao seu parceiro que ia deixá-lo com fome! Rs
Você ainda estava encaixado em mim quando sorrindo eu te disse:
- Eu não quero mais! (risos)
De imediato seu semblante mudou e você me questionou:
- Como assim, não quer mais? Você não faria isso comigo, faria?
- Faria! (muitos risos)
Pronto, era só aguardar alguns segundos e o meu objetivo seria alcançado!
Quando você sentiu a minha mão afastando o seu corpo de mim, o seu instinto animal falou mais alto e rapidamente você me prendeu pelas pernas e braços, deixando claro de que eu não ia conseguir sair. Eu fiz charme, tentei afastá-lo e insisti em dizer que não queria. Te deixei ainda mais louco e então, você me pegou a força, manipulou o meu corpo como se eu fosse uma marionete. 
Mesmo louca de tesão eu negava te querer, tentava te afastar e dessa maneira o tinha ainda mais perto. Você me pegou a força, não se intimidou com o meu "não quero mais" e com aquele olhar da fera em cima da presa me possuiu de maneira selvagem. Enquanto eu dava continuidade ao meu papel, você tentava de qualquer jeito matar também a sua fome. O teu corpo suado roçava sobre o meu e eu te sentia cada vez mais rápido e mais forte, mais rápido, forte, rápido, forte, bem forte, mais forte e... Aaahhhh... Ooohhh!
Pronto, alimentados os dois e realizada a minha fantasia de ser pega a força, num sem querer, querendo. Os nossos corpos suados, cansados e satisfeitos se aproximaram formando uma concha e diante duma felicidade enorme, adormecemos.

Dila Mota

Comentários

  1. Menina! Vc é uma incendiária de palavras!
    Vou te levar lá pro Bocas!


    ahahahha


    beijos

    ResponderExcluir
  2. Sou éé??? hahaha
    Nem sabia que era... Isso é bom? rs
    Bocas??? Boiei um pouco amiga...

    Sempre bom ver um rastro seu aqui viu?
    Beijoooos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ta doendo... Mas vai passar!

É engraçado como me permito ser magoada. Chega a ser patético me olhar no espelho e me dar conta do quanto tenho cuidado mal de mim.
Essa minha mania de ser compreensiva, paciente, boba, só tem me ajudado a aumentar a minha coleção de mágoas e lenços molhados de lágrimas. E não me refiro apenas a você, que tem sido o maior responsável por elas, me refiro ao que me cerca, ao que me beija o rosto e como Judas, me trai.

...

Ta doendo, ardendo em fogo aqui dentro. É como a carne viva, exposta, propícia a ser tocada e voltar a doer e sangrar novamente. Ta doendo e eu não sei o que fazer. Me sinto perdida entre sentimentos e vontades. Vejo a minha vida como as letras do teclado, embaçadas em meio as lágrimas que não sabem se caem ou são engolidas pelo meu orgulho.
Eu já não sei qual das mulheres preciso ser ou voltar a ser pra que eu te convença a se entregar ou me deixar ir. Eu já nem sei mais se quero te convencer de nada. Eu só preciso desesperadamente que de alguma maneira o alivio cai…

May... Amiga, irmã, cumplice, companheira, especial!

Tem irmãos que a vida nos dá, tem irmão que a gente escolhe. Eu escolhi você! Na nossa amizade, tudo é tão diferente. Até os momentos mais tensos acabam numa resenha sem tamanho.  É incrível como nos damos bem, como nos entendemos somente em nos olhar.  Com você conheci uma amizade diferente de tudo que já tinha vivido, é uma amizade livre, que não cobra, que não julga, que não questiona... apenas existe, se faz sentir e me faz bem. Adoro as nossas reuniões pra falar das novidades, dos nossos casos e acasos, dos conselhos, do riso sem motivo, do carinho tão sincero, da preocupação, as armações pras nossas loucuras mais secretas, das gargalhadas, das nossas viagens cheias de histórias pra contar (viagens que por sinal, andam fazendo falta). Adoroo tudo em você! Brigada por existir e mais ainda, por fazer parte da minha vida. Que a nossa amizade seja eterna enquanto dure, e que dure para sempre.
Ta ai a mensagem que você me mandou e que eu prometi postar aqui em sua homenagem... não sei porque…

Acorda Menina!!

Acorda menina...

Levanta desse leito que você transformou sua vida, abre as janelas dessa escuridão e se permita a luz. Abre os teus olhos pra vida, ela tem te dado sinais claros de que ai dentro desse mundinho teu, as coisas que te aguardam lá fora não vão acontecer. Você merece mais que frestas de luz, você merece mais que o aquecimento desse cobertor que você utiliza pra encobrir tuas fraquezas, você merece mais que as tentativas de abrir os olhos querendo acordar e por preguiça de lutar por aquilo que merece, voltar a dormir.
A tua covardia em acreditar que no teu mundo de sonhos TUDO pode acontecer e que estas coisas acontecem do jeito que você quiser é pura ilusão. Sonhar é delicioso, mas a realidade dos fatos pode ser ainda mais interessante. Sonhar é magico, mas a magia real é transformar nossos sonhos em verdades pro mundo, não apenas pra nós.

Acorda menina!

Sabe aquele lugar lindo, com raios de sol, com flores, com o som dos pássaros, com a companhia perfeita e uma felicidade…