Pular para o conteúdo principal

Não tem preço...


E surpreendentemente, eu presenciei as minhas emoções brigando entre si. Enquanto o meu coração dilacerado com a dor da perda chorava, a minha cabeça não parava de pensar em você. E movida por uma saudade perturbadora, optei por aliviar o meu sofrimento nos teus braços.
Te atrai pra mim, te desviei intencionalmente dos teus deveres e fiz de mim o teu único compromisso naquela noite.
Enquanto aguardava a sua chegada, ia me preparando para ser tua. O meu corpo cheirava desejo, tentação, perversão. O meu coração acelerava mais a cada segundo, inquieto pra te sentir por perto. As mãos suavam enquanto as pernas trêmulas balançavam impacientes. Que loucura, eu estou realmente apaixonada!!
O meu sorriso não cabia no rosto quando te vi chegar, os olhos brilhavam como a estrela Dalva e, cada sensação consequenciada pela tua presença, ia surgindo da maneira mais excessiva possível a um ser humano.

PS: As mãos acabam de pausar rapidamente enquanto as lembranças vem a mente. Mais uma vez me encontro olhando pro nada e sorrindo feito boba, por sua causa.
Bem, voltemos de onde paramos. Onde estávamos mesmo? Risos

Hum... Estávamos no momento em que você chegou e com um beijo carinhoso e um abraço apertado fez o meu corpo mais leve. A cada troca de olhar, carícias e sorrisos eu ia me dando conta do quanto é gostoso estar na tua companhia. De como a tua presença me causa uma alegria imensa. Alegria essa, capaz de me fazer esquecer que o mundo lá fora existe e fazer, naquele instante, de você o meu mundo, de fazer desse mundo o cenário perfeito para que eu realize as minhas mais loucas e proibidas fantasias.
Naquela noite eu queria ser sua, inteiramente sua, tão sua que deixaria de ser minha. Estava decidida a te sentir em mim, dentro de mim.
Nossos olhares faiscavam o nosso desejo de se possuir, nossos poros exalavam desejo, cobiça, tesão. Os teus beijos eram como o mais suave vinho, que a cada novo gole crescia minha vontade de provar mais e, conscientemente me causava o desejo de embriagar-me de você. Fecho os olhos e ainda sinto a tua mão passeando em mim, me segurando forte próximo ao teu corpo quente, fervendo e implorando pelo meu.

Me despi de pudor e me entreguei sem culpas ao desejo misto de amor e sexo, pureza e safadeza, inocência e a mais insana vontade de te provocar as mais deliciosas sensações de prazer. A minha língua passeava sob teu corpo, a minha boca te chupada degustando a delícia de ver no teu rosto cada expressão de satisfação e prazer.
E eu finalmente senti você! Senti o quanto cada milímetro teu se encaixa perfeitamente em mim. Eu estava inteiramente entregue, nas tuas mãos, submissa a essa paixão que você provocou e que eu naquele momento, desistia de fugir, desistia de esquecer e simplesmente me rendi.
É... Eu poderia gastar centenas de linhas para descrever detalhadamente cada segundo, ainda nítidos nas minhas lembranças, da nossa primeira noite de amor. Mas o meu egoísmo me impede. A minha vontade de guardar tudo só pra mim, de não dividir com ninguém a felicidade que você me causou, é maior. Até porque, se um dia alguém ler isso, mesmo tentando, jamais conseguirá sentir verdadeiramente uma única sensação que você causou.

"Não tem preço você se aconchegando em meus braços, saber que entre nós não há espaço (...) Da vontade de ficar ali pra sempre..."
Sorriso Maroto

A minha caixinha de lembranças está proibida de esquecer, por um segundo que seja, cada olhar doce, cada sorriso iluminado, cada toque capaz de tocar a alma, cada carícia pervertida, cada gesto de carinho, cada palavra suave a qual você me presenteou. Hoje a saudade me faz lembrar com doçura, e essa mesma saudade me faz te querer incessantemente, cada dia mais, só meu, só pra mim...


Dila Mota

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ta doendo... Mas vai passar!

É engraçado como me permito ser magoada. Chega a ser patético me olhar no espelho e me dar conta do quanto tenho cuidado mal de mim.
Essa minha mania de ser compreensiva, paciente, boba, só tem me ajudado a aumentar a minha coleção de mágoas e lenços molhados de lágrimas. E não me refiro apenas a você, que tem sido o maior responsável por elas, me refiro ao que me cerca, ao que me beija o rosto e como Judas, me trai.

...

Ta doendo, ardendo em fogo aqui dentro. É como a carne viva, exposta, propícia a ser tocada e voltar a doer e sangrar novamente. Ta doendo e eu não sei o que fazer. Me sinto perdida entre sentimentos e vontades. Vejo a minha vida como as letras do teclado, embaçadas em meio as lágrimas que não sabem se caem ou são engolidas pelo meu orgulho.
Eu já não sei qual das mulheres preciso ser ou voltar a ser pra que eu te convença a se entregar ou me deixar ir. Eu já nem sei mais se quero te convencer de nada. Eu só preciso desesperadamente que de alguma maneira o alivio cai…

Acorda Menina!!

Acorda menina...

Levanta desse leito que você transformou sua vida, abre as janelas dessa escuridão e se permita a luz. Abre os teus olhos pra vida, ela tem te dado sinais claros de que ai dentro desse mundinho teu, as coisas que te aguardam lá fora não vão acontecer. Você merece mais que frestas de luz, você merece mais que o aquecimento desse cobertor que você utiliza pra encobrir tuas fraquezas, você merece mais que as tentativas de abrir os olhos querendo acordar e por preguiça de lutar por aquilo que merece, voltar a dormir.
A tua covardia em acreditar que no teu mundo de sonhos TUDO pode acontecer e que estas coisas acontecem do jeito que você quiser é pura ilusão. Sonhar é delicioso, mas a realidade dos fatos pode ser ainda mais interessante. Sonhar é magico, mas a magia real é transformar nossos sonhos em verdades pro mundo, não apenas pra nós.

Acorda menina!

Sabe aquele lugar lindo, com raios de sol, com flores, com o som dos pássaros, com a companhia perfeita e uma felicidade…

May... Amiga, irmã, cumplice, companheira, especial!

Tem irmãos que a vida nos dá, tem irmão que a gente escolhe. Eu escolhi você! Na nossa amizade, tudo é tão diferente. Até os momentos mais tensos acabam numa resenha sem tamanho.  É incrível como nos damos bem, como nos entendemos somente em nos olhar.  Com você conheci uma amizade diferente de tudo que já tinha vivido, é uma amizade livre, que não cobra, que não julga, que não questiona... apenas existe, se faz sentir e me faz bem. Adoro as nossas reuniões pra falar das novidades, dos nossos casos e acasos, dos conselhos, do riso sem motivo, do carinho tão sincero, da preocupação, as armações pras nossas loucuras mais secretas, das gargalhadas, das nossas viagens cheias de histórias pra contar (viagens que por sinal, andam fazendo falta). Adoroo tudo em você! Brigada por existir e mais ainda, por fazer parte da minha vida. Que a nossa amizade seja eterna enquanto dure, e que dure para sempre.
Ta ai a mensagem que você me mandou e que eu prometi postar aqui em sua homenagem... não sei porque…